março 16, 2012



Quando acariciei o teu dorso,
campo de trigo dourado,
minha mão ficou pequena
como uma flor de açucena
que delicada desmaia
sob o peso do orvalho...

Mas meu coração cresceu
e cantou como um menino
deslumbrado pelo brilho
estrelado dos teus olhos...

Thiago de Mello.

3 comentários:

NeuzaSpínola disse...

Que página linda, amiga! Muito alegre de se ver, e pelo que percebo, continua gostando de poesia, não é? Benvinda ao meu espaço também.
http://spinolapoesias.wordpress.com
Este endereço acima é para a História da Família Spínola. O de poesias é http://neuzamariasp.wordpress.com

NeuzaSpínola disse...

No Blogger tenho outro de vídeo-poemas.
http://spinolapoesias.blogspot.com

Ritinha São Paulo disse...

Olá amada!
Desculpe pela demora...dias corridos, rs
acabei me ausentando um pouco do blog, mas
já estou de volta e é claro que vou te visitar.

Postar um comentário

Deixe aqui seu carinho, leve o meu♥ contigo.